sábado, 14 de março de 2015

ups and downs


Já devia ter aprendido que a vida é mesmo uma montanha russa daquelas mesmo assustadoras, só que ainda não aprendi.
 Continua a fazer-me confusão que num momento estejamos lá no alto e no outro nos façam ter a maior queda de sempre. E eu não gosto de cair, embora tenha uma grande tendência para isso (e nem é só no sentido mais metafórico).
 Não gosto de cair, mas caio. Depois é difícil voltar a subir, ganhar confiança para ir para o topo de novo sem ter o receio de mais cedo ou mais tarde despenhar novamente.

5 comentários:

  1. A vida é mesmo assim. Mas com o tempo vais habituar-te a aproveitar bem a estadia no topo e a sobreviver da melhor forma à queda...
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. é quando estamos mesmo em baixo que nos apercebemos da força que temos, lani, é por isso que as quedas também fazem bem!

    r: por acaso, as batatas não estavam tão boas como de costume :p

    ResponderEliminar
  3. Quando caímos é que vemos as forças que temos para nos levantarmos outra vez! Força! x
    http://dreamingwithpeaches.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. é isso que dá mais "piada" a vida, nunca saber o que nos espera!

    ResponderEliminar

Faz barulho *